segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

010: Yes, eu sou desastrado!


Pois bem, esta pessoa que vós fala tem mais esta incontrolável mania. É algo totalmente involuntário [na verdade o destino influi bastante em todos estes acontecimentos].
Como já comentei em post anteriores eu tenho a mania de quebrar objetos [vide estória 006: Murphy ataca]. Pois bem, quando eu tinha uns 14 ou 15 anos eu era o desastre em pessoa [ainda continuo desastrado mais com menos intensidade].
Coitadas das pessoas que tinham que conviver comigo.
Certa vez estava eu jogando baralho [adoro jogar buraco] na casa de minha tia. O jogo ia bem até que eu num ato involuntário quebrei a mesa [como é?!].
Sim, isso mesmo. Eu quebrei a mesa. Num instante estávamos todos jogando, era minha vez de jogar e eu debrucei-me fazendo força na mesa que veio abaixo terminando assim o jogo.
Minha Tia coitada a muito reclamava que queria uma mesa nova. Assim obriguei meu Tio a comprar uma nova. Pena que ela teve que armengar a mesa até meu Tio comprar a mesa nova.
Uma outra vez estava eu no quintal de casa rancando goiabas e aí encostei-me numa pia em que minha Mãe lavava roupas [não tinhamos nem temos máquina de lavar ainda,rs] e do nada a pia veio abaixo. Um dos pedaços da pia cortou-me a perna e sangrou muito [tenho pavor a sangue, fico super nervoso].
Todos estes dois fatos foi na mesma semana, eu andava me sentindo um nada. Tudo que eu tocava apodrecia [ou melhor, quebrava].
Minha Mãe nem ligou muito para a pia que andava um pouco velhinha. Fiz até um favor pra ela, assim meu Pai comprou uma pia nova.
Mais o pior ainda estava por vir [desgraça pouca é bobagem!]. Naquela época eu ainda jogava futebol [sim, ainda.hoje sou um ser sedentário não pratico esportes,infelizmente não achei pessoas que jogam voley nesta cidade]. Eu estava fazendo embaixadinha dentro de casa e sem querer chutei a bola num dos bibelôs que minha Mãe mais gostava.
Foi a gota d’água. Minha Mãe me reclamou tanto por isso.
Nesta semana eu devia está possuído pelo capeta, porque vai ser desastrado assim lá longe!

Eu heim!

8 comentários:

Gabrielle disse...

Nossa!Me identifiquei muito com o teu post, dhauisdihasuihda. Falando sério, eu também sou um desastre! Vivo quebrando alguma coisa aqui em casa. Até uma cadeira eu já quebrei (isso que eu sou pequena e magrinha).
Agora, uma mesa? Eu hein! ehehehe.

Olha, se você quiser trocar links, eu aceito. Aliás, já to te linkando no meu blog :D
Beijão!

A moça da janela disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
aff maria
sai de perto de mim
hoho**

menino.... ser desastrado até pode ser legal.... (não, não pode tô tentando te alegrar)...

maaaas como ia dizendo....

fui.

PS.: valeu pelo coment no bloog

Livia disse...

Só conheço uma pessoa desastrada assim como vc... meu irmão mais novo... rsrsrsrs
Aquiiiiiiiiiii... tem meme pra vc no meu blog!!! acho que vc vai gostar!!!

beijo pro menino mais lindo de todos os lindos...

=D

Srta Pecinha de Lego disse...

adorei o texto me acabei de rir...e voiuy te linkar viu? ja viciei aki!!! rsrs
beijo!!

Deeeh disse...

esse post me lembra alguem que eu conheço.... uma nina linda ki mora em Ipirá de nome Deise... kkkkkkkkkkkkkk

muito massa teu blog amigO!!!

beeijO
te amO
=*

Patinho Feio disse...

- finalmente consguir terminar teu post. HAHA
nem preciso dizer que dividimos mais esta característica.
abraçoo

* pequenha observação:
valeeu por aquela tarde em The Riddle.
pena eu não te encontrar mais.

­­Misael Roberto disse...

Eu também sou desastrado, já quebrei o vidro da porta de minha casa, os meus óculos só duram seis meses, e por aí vai.

indi disse...

Olá me identifiquei muito, cara eu sou o próprio desastre em pessoa agora pouco acabei de quebrar o vidro da porta enquanto fui fechar, meu tio ficou super bravo daqui a Pouco minha mãe chega e estou morta,kkkk realmente é horrível ser assim, essa semana eu já quebrei também a madeira das duas camas daqui de casa, ano Passado derrubei um tablet meu no chão e ele quebrou ,também quebrei meu celular,e agora estou com outro que ganhei de aniversário espero muito que ele dure pelo menos uns dois anos, tirando as outras coisas que já quebrei, já queimei e já estraguei...

Blog Widget by LinkWithin